26 de novembro de 2012

Setor de moda na Itália passa por crise e tem perspectivas preocupantes para 2019

É verdade que o setor de moda está em crise na Itália, como aponta o presidente da Pitti Uomo e Confindustria Moda, Claudio Marenzi. "Os primeiros dados de 2019 do setor de moda italiano são mais promissores do que o esperado. No entanto, é igualmente verdade que alguns indicadores mostram uma desaceleração e até mesmo os especialistas estão mantendo a prudência: 2019 será um ano de estabilidade para o setor de moda na Itália", detalhou.

Há um mês, foi noticiado que 29% das empresas entrevistadas pela Confindustria Moda declararam prever um recurso ao Fundo de Integração em curto e médio prazo. Como o Il Sole 24 Ore "traduziu", seria (quase) uma empresa de três, ou mais de 13.000 de um total de 46.800.

Os números de emprego também são negativos: -0,4% no primeiro trimestre. É também culpa de um mercado italiano que continua não sendo muito dinâmico, para dizer o mínimo. De fato, a Federazione Moda Italia invocou o estado de calamidade do setor.

Segundo o Observatório Nexi, as compras de italianos com cartões de crédito nas lojas de roupas, calçados e acessórios caíram 1,7% em 2018. E no primeiro trimestre de 2019 temos janeiro em +0,2%, fevereiro em -0,4% e março em +7,2%. O clima afetou negativamente as vendas. "Isso nos surpreendeu na temporada. Uma circunstância que se repete cada vez com mais frequência nos últimos anos, causando enormes prejuízos econômicos e margens cada vez mais estreitas", explicou Renato Borghi, presidente da Federação Italiana de Moda (Confcommercio).

“Trabalhando em coleções sazonais, pedimos que o setor seja assimilado ao da agricultura e seja capaz de invocar o estado de calamidade dos detalhes da moda", complementou. Evitar o aumento do IVA e dar mais capacidade de gastos às famílias com uma reforma tributária são as propostas de Borghi que conclui advertindo: "Nossas empresas pedem para trabalhar ao menos em igualdade de condições com as que enriquecem na web sem pagar uma contribuição justa para o país".

https://www.saopaulopretaporter.com/noticias/ler/setor-de-moda-na-italia-passa-por-crise-e-tem-perspectivas-preocupantes-para-2019